TRANSIÇÃO DA IBOR

IBOR para taxas de referência alternativas

A partir de 29 de novembro de 2021, deixaremos de usar as Taxas de Oferta Interbancárias em nosso cálculo da taxa de financiamento e, em vez disso, usaremos Taxas de Referência Alternativas.

Quais são as taxas IBOR?

As taxas de oferta interbancárias (IBORs) são índices de referência de taxa de juros usados para uma ampla gama de produtos e contratos financeiros.

A maioria das taxas IBOR deixará de existir até o final de 2021. Isso significa que todos os índices de referência sob a égide da IBOR, incluindo a proeminente London Interbank Offered Rate (LIBOR), serão eliminados gradualmente e substituídos por taxas alternativas.

O que é LIBOR?

Desde a década de 1980, a LIBOR era considerada a taxa de referência dos empréstimos interbancários utilizada para calcular a taxa à qual os bancos ofereceriam empréstimos de curto prazo entre si. Até a crise financeira de 2008, a LIBOR era vista como o padrão de excelência para medir a saúde de todo o sistema financeiro global.

Por que as taxas estão mudando?

Os reguladores expressaram preocupações quanto à confiabilidade e sustentabilidade das IBORs. As rigorosas regras de liquidez introduzidas pela crise financeira de 2008, juntamente com a perda de credibilidade da LIBOR devido a escândalos e a sua parte na crise, fizeram com que as taxas IBOR se tornassem menos atraentes para empréstimos interbancários de curto prazo e sem garantia. Isto levou a uma queda significativa nos mercados de financiamento interbancário sem garantia na última década, bem como a uma falta de liquidez - levando a um mercado sem representatividade adequada. Isso fez os reguladores mudarem sua preferência para Taxas de Referência Alternativas (ARRs).

As taxas estão mudando para o quê?

Os usuários da IBOR mudarão para Taxas de Referência Alternativas (ARRs). As ARRs são baseadas nas taxas de juros overnight reais no mercado atacadista à vista e de derivativos líquidos. Isso torna as ARRs mais robustas e menos voláteis do que as IBORs.

Como as ARRs são taxas livres de risco, elas não incorporam o risco de crédito inerente ao cálculo das IBORs, baseadas em empréstimos interbancários por períodos mais longos.

Como essa mudança me afetará?

Se você mantiver uma posição de índice ao final do dia de negociação (17h00 ET), considera-se que a posição será mantida durante a noite e estará sujeita a um encargo de financiamento ou crédito para refletir o custo de financiamento da sua posição (em relação à margem utilizada).

Em um índice, isso é calculado da seguinte forma:

Encargo ou crédito de financiamento diário = valor da posição* x taxa de financiamento aplicável/365**

A taxa de financiamento aplicável neste exemplo mudará de uma Taxa de Oferta Interbancária (IBOR) para Taxa de Referência Alternativa (ARR). Por exemplo, na US Wall St 30, sua taxa de financiamento aplicável mudaria de USD LIBOR - 3 meses para SOFR (Secured Overnight Financing Rate).

A tabela abaixo mostra o que cada produto de índice usa atualmente como sua taxa de financiamento aplicável e qual Taxa de Referência Alternativa usaremos a partir de 29 de novembro de 2021.
Índice Taxa de financiamento interbancário antiga Taxa de referência alternativa
Australia 200 Australia Bank Bill - 3 Meses AONIA
China A50 USD LIBOR - 1 Meses SOFR
Germany 30 EURIBOR - 3 Meses ESTR
Europe 50 EURIBOR - 3 Meses ESTR
France 40 EURIBOR - 1 Meses ESTR
Hong Kong 33 HKD HIBOR - 1 Meses HONIA
India 50 USD LIBOR - 1 Meses SOFR
Japan 225 USD LIBOR - 3 Meses SOFR
US Nas 100 USD LIBOR - 3 Meses SOFR
Netherlands 25 EURIBOR - 1 Meses ESTR
Singapore 30 SGD SIBOR - 1 Meses SORA
US SPX 500 USD LIBOR - 3 Meses SOFR
Taiwan Index USD LIBOR - 1 Meses SOFR
UK 100 GBP LIBOR - 3 Meses SONIA
US Russell 2000 USD LIBOR - 3 Meses SOFR
US Wall St 30 USD LIBOR - 3 Meses SOFR

*onde valor da posição = tamanho da posição x preço no final do dia de negociação (17h00 ET).

**Para posições de índices longos, as taxas de financiamento aplicáveis são a taxa de administração de 2,5% mais a taxa alternativa relevante, de base anual. Representada por uma taxa negativa e, portanto, uma cobrança.

Para posições de índices curtos, quando a taxa alternativa relevante for maior que a nossa taxa de administração de 2,5%, a taxa utilizada será a diferença entre as duas, calculada em base anual. Isto é representado por uma taxa positiva e, portanto, trata-se de crédito.
Quando a taxa alternativa relevante for menor que a nossa taxa de administração de 2,5%, a taxa utilizada será a diferença entre as duas, calculada em base anual. Isto é representado por uma taxa negativa e, portanto, uma cobrança. Consulte nossa página de custos de financiamento para saber mais sobre nossas taxas de financiamento aplicáveis.